Como acabar com cupim em casa de vez? Confira 5 soluções

Saber como acabar com cupim em casa é fundamental para não deteriorar os móveis e evitar a formação de novas colônias, pois tudo isso causa desconforto e vergonha nos moradores e visitantes.

O problema pode ser ainda maior quando a colônia de cupim tiver tomado grandes proporções e o estrago nos móveis não tiver conserto, a não ser trocá-lo por novos, o que causa aumento de custos não previstos no orçamento doméstico.

Por isso é essencial analisar as condições que possam favorecer o aparecimento e a proliferação dos cupins, tomar alguns cuidados — ainda que de forma caseira — e monitorar periodicamente as estruturas da casa que são alvos desses insetos.

Quer saber mais sobre como acabar com cupim em casa? Então, conheça nossas soluções!

Como identificar os cupins em casa?

Os cupins são animais que vivem em sociedade, formando uma verdadeira comunidade representada pelo rei e a rainha, cuja função é apenas acasalar para originar novos indivíduos.

Existem, ainda, os operários, que apesar de cegos e estéreis são responsáveis por buscar comida, enquanto os soldados protegem a colônia de um eventual ataque de predadores naturais, principalmente formigas.

Conhecendo esse comportamento, percebe-se que a proliferação dos cupins se dá devido ao aumento acelerado no número de indivíduos e, consequentemente, na expansão de sua colônia para que ela suporte uma população cada vez maior.

Outro ponto a ser observado é a predileção dos cupins por ocupar materiais como madeira, paredes, assoalhos, forros etc., construindo galerias dentro desses ambientes. Esse tipo de inseto, denominado cupim de madeira seca, prefere pouca umidade e costuma não gerar tanto prejuízo, pois forma pequenas colônias, mas dependendo da dimensão do local atingido, poderá levar à destruição total.

Nesse caso, quando esses cupins ocupam cômodas, escrivaninhas, gavetas dos armários ou cabeceiras da cama, a solução varia entre aplicar produtos para eliminá-los ou se desfazer dessas estruturas.

Uma forma bastante comum de identificar a presença dos cupins é por meio do rastro que deixam próximo a suas colônias. São pequenos grânulos, com um milímetro de diâmetro mais ou menos, despejados para fora da colônia. Esses grãos são as fezes dos insetos.

Outro tipo de cupim — menos frequente em residências nos centros urbanos — é o subterrâneo. Esses insetos precisam de umidade para sobreviver, por isso se desenvolvem perto do solo, para que os operários possam sair da colônia em busca de alimento por entre as galerias e os acessos construídos pelos demais integrantes da colônia.

Esses cupins podem ser vistos em grandes formações no solo e se alastram conforme as condições climáticas, principalmente no Brasil, onde as temperaturas tropicais favorecem sua sobrevivência.

Como acabar com o cupim em casa?

A descoberta de uma colônia de cupim em casa não é muito agradável, pois implica em quantificar todos os prejuízos decorrentes da extensão e, consequentemente, o gasto financeiro para acabar com o problema.

Portanto, listaremos algumas medidas para evitar o aparecimento desses animais e combatê-los. Confira!

1. Examine periodicamente todas as estruturas passíveis de contaminação

Normalmente, as pessoas costumam verificar apenas os móveis de madeiras, pois são o material mais visado pelos cupins para formarem sua colônia. No entanto, é fundamental verificar rodapés, fendas de parede etc., pois eles também corroem a parte interna dessas estruturas.

Uma boa maneira de verificar a presença desses insetos é bater na madeira e observar o som. Se for mais oco, é possível que a parte interna já tenha sido corroída pelos cupins.

2. Utilize solução de vinagre nas superfícies infestadas pelos cupins

A solução de vinagre e água — 50% de cada produto — é uma medida eficaz para combater o cupim, pois além de eliminar os animais já existentes, impede a formação de novas colônias no mesmo local.

É possível também borrifar o vinagre concentrado para otimizar a destruição da colônia, mas é preciso analisar se o material contaminado não ficará manchado após a absorção desse produto, como no caso de madeiras.

3. Borrife óleos com odores aromáticos e adocicados

Os óleos de laranja ou cravo são usados para matar a colônia de cupim, são menos tóxicos se comparados ao vinagre e devem ser borrifados como estratégia de combate e prevenção de novas colônias.

O mesmo cuidado é recomendado em relação à danificação do móvel com o uso desses produtos. Para as estruturas que não sofrerem deterioração, é aconselhável borrifar e passar um pano com um dos óleos aromáticos durante a faxina da casa.

4. Aplique vernizes e tampe as frestas de madeira

Os cupins têm uma fisiologia muito peculiar, já que conseguem digerir a celulose presente em superfícies como janelas, portas e rodapés graças à presença de microrganismos existentes nos tubos digestivos desses animais.

Com isso, apresentam facilidade para abrir frestas e túneis no local onde formarão as colônias. Para evitar esses estragos, é possível tampar as frestas já existentes com material isento de celulose ou aplicar verniz nas madeiras que possam ser contaminadas.

5. Busque ajuda de empresas especializadas no ramo da dedetização para cupins

Infelizmente, se as medidas caseiras não forem efetivas para tratar desses insetos e a colônia estiver expandindo muito rapidamente, é preciso tomar outras providências. Por isso, uma ajuda especializada é sempre bem-vinda para realizar o processo de descupinização ou avaliar se a proposta de uma dedetização geral.

Isso porque os especialistas da empresa farão um diagnóstico mais completo, identificando a colônia, os pontos que foram habitados pelos cupins, o caminho que está sendo percorrido e as marcas deixadas por esses insetos.

Também farão uma análise da integridade da estrutura contaminada e indicarão os tratamentos mais adequados para o caso, bem como orientarão sobre medidas de prevenção de novas ocorrências.

Por ser uma empresa com experiência no manejo de cupins, ela tem permissão para manusear e atuar com produtos autorizados pela ANVISA, já que dispõe de uma equipe qualificada e preparada para agir dentro dos critérios determinados pela agência. Apenas especialistas podem usar esses produtos devido ao nível de toxicidade.

Saber como acabar com cupim em casa é fundamental para evitar estragos nas estruturas e a recorrência desses insetos em outros móveis. Sendo assim, é possível aplicar medidas caseiras, mas se o problema não for resolvido, a melhor estratégia é contratar uma empresa especializada no manejo desses animais.

Está sofrendo com infestação de cupins na sua casa? Entre em contato com a nossa empresa e saiba como podemos ajudar você a resolver esse problema!


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800 3333 3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.