Quais são as principais diferenças entre sanitização e desinfecção? Saiba aqui!

Se proteger de microrganismos é uma preocupação cada vez mais comum entre as pessoas. Você provavelmente já ouviu falar de desinfecção e sanitização, mas qual deles é o mais indicado em cada situação? Se você quiser, por exemplo, chamar alguém em sua empresa, qual seria o melhor serviço?

Para que a limpeza seja realmente eficaz é muito importante saber as diferenças entre sanitização e desinfecção. Cada processo usa materiais diferentes e é indicado para certos tipos de ambientes, com indicações específicas de acordo com a necessidade. Se você quer entender melhor como diferenciar sanitização de desinfecção, leia este artigo até o final!

Quais são as diferenças entre sanitização e desinfecção?

As diferenças entre sanitização e desinfecção são relevantes para a escolha do procedimento correto. Veja a seguir as principais características de cada procedimento.

Significado

Desinfectar significa eliminar todo e qualquer agente biológico, como vírus e bactérias (exceção aos esporos), em superfícies rígidas. Sanitizar quer dizer reduzir apenas microrganismos que sejam perigosos à saúde pública, garantindo mais higiene e segurança.

A desinfecção é mais técnica, complexa e minuciosa. O que se pretende é fazer uma verdadeira eliminação de todo e qualquer agente nocivo, por isso o foco de processos de desinfecção são ambientes controlados, em que seja essencial a esterilização.

A sanitização é complementar às limpezas comuns, trazendo mais um nível de proteção contra doenças. A ideia é reduzir a circulação de agentes nocivos em todos os ambientes.

Produtos utilizados

Os produtos desinfetantes de uso geral são a escolha para a desinfecção, que sempre é feita após uma minuciosa limpeza prévia, segundo diversas normas técnicas. O propósito é esterilizar o local em que eles são aplicados.

Na sanitização, os produtos visam reduzir a quantidade de agentes nocivos, com produtos sanitizantes. A limpeza que antecede a sanitização é aquela feita normalmente, com a higiene tradicional. A diferença das técnicas é o grau de eliminação e a complexidade dos processos de limpeza antes de cada um deles.

Ambientes

Quanto aos locais onde se pode fazer cada um dos procedimentos, as diferenças entre sanitização e desinfecção também são consideráveis. A desinfecção é mais apropriada para ambientes de alto risco, como hospitais, clínicas e laboratórios. A sanitização, por sua vez, é mais indicada para ambientes em que o controle biológico é menos rígido, como residências, escritórios, condomínios e fábricas.

Microrganismos combatidos

A desinfecção busca eliminar qualquer contaminação biológica, num nível muito mais preciso, eliminando, germes, bactérias e vírus. A sanitização, por sua vez, tem como foco a prevenção de disseminação de microrganismos que sejam perigosos para a saúde pública, sanitizando sem a preocupação de tornar o ambiente estéril, uma vez que se trata de um local com menor concentração de agentes causadores de doenças.

Aprender as diferenças entre sanitização e desinfecção é importante para descobrir qual é o serviço correto para cada local. Na maioria dos ambientes, a sanitização feita por pessoal treinado é a mais indicada para prevenir doenças. A Desentupidora Fortaleza atua no setor de sanitização, fornecendo um serviço rápido, com qualidade e segurança.

Conheça o trabalho de sanitização para prevenir o Coronavírus feito pela Desentupidora Fortaleza!


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800-3333-3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.