Esgoto sem tratamento: veja 5 doenças que podem ser causadas

Esgoto sem tratamento é um problema enorme para a sociedade, sabia disso? No Brasil, essa situação é ainda pior: 100 milhões de brasileiros não têm acesso à coleta e à recuperação da água de esgoto.

Por causa do contato direto com esses rejeitos, muitas pessoas são contaminadas, e algumas doenças são realmente preocupantes. Até levam a óbito ou deixam graves sequelas em quem é acometido. 

Neste texto, vamos falar sobre 5 doenças que podem surgir em ambientes em que não há tratamento da rede de esgoto e como encontrar soluções práticas para esse tipo de situação. Acompanhe na leitura!

Esgoto sem tratamento é sinal de contaminação

Você não leu errado na introdução. Quase metade da população brasileira não tem acesso ao tratamento da água de esgoto, 100 milhões de cidadãos vivem diariamente com rejeitos correndo a céu aberto nas portas de suas casas.

A opção é despejar o esgoto em leitos de rios ou em fossas tradicionais, que por sua vez contaminam os rios, lençóis freáticos e o solo. Por isso, esgoto sem tratamento é sinônimo de contaminação.

O saneamento básico, que é responsabilidade governamental, compreende alguns serviços garantidos pela Constituição Federal, segundo a Lei nº. 11.445/2007, a todo cidadão brasileiro. Trata-se de um conjunto de serviços para dar o bem-estar mínimo à população:

  • infraestrutura e instalações operacionais de abastecimento de água;
  • drenagem urbana;
  • limpeza urbana;
  • esgotamento sanitário;
  • manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais.

Doenças que o esgoto sem tratamento pode causar

O contato direto com a água contaminada pode ser prejudicial à saúde. Muitas pessoas utilizam esse recurso para irrigar plantações, cozinhar, abastecer criações de animais, pesca e até para o lazer. Veja as 5 doenças mais comuns nesses tipos de situação.

1. Dengue

Se engana quem pensa que o Aedes aegypti só coloca ovos em água limpa. Basta que ela esteja parada, empoçada em algum canto, para que o mosquito consiga se proliferar e espalhar doenças como dengue e zika.

2. Cólera

Os sintomas provocam náusea, vômito, diarreia, dores abdominais e cãibras. A doença é provocada por uma bactéria e a contaminação mais comum é por contato com a água imprópria para consumo. 

3. Febre tifóide

Causada por uma bactéria, assim como a cólera, a principal forma de contaminação é a ingestão de água ou alimentos contaminados. Lembrando que o consumo da carne de animais doentes também pode ser vetor de doenças.

4. Hepatite A

A hepatite A é transmitida pelo contato com fezes que podem estar presentes na água, por exemplo. Causa fadiga, perda de apetite, febre, calafrios, sensação de fraqueza, náusea, dentre outros sintomas. A falta de tratamento médico pode ser fatal.

5. Giardíase

Provocada por parasitas que se grudam nas paredes intestinais e causam muita dor e incômodo na região abdominal. Como era de se esperar, o contato com fezes favorece a contaminação.

Viu como é importante aprender sobre o esgoto sem tratamento e suas consequências? Agora, você já sabe que é melhor evitar contato com água imprópria e sempre ajudar a conscientizar outras pessoas sobre os danos à saúde e ao meio ambiente que esses rejeitos podem provocar.

Se quer ficar por dentro de mais conteúdos interessantes como este, curta a nossa página no Facebook para saber de todas as nossas novidades! 


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800-3333-3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.