Por que fazer manutenção preventiva de tubulações e como funciona?

Seja para casas, apartamentos ou empresas, um ponto de muita importância para quem quer evitar dores de cabeça, gastos desnecessários e problemas de saúde é a manutenção preventiva de tubulações.

Sabe aquele ditado: “o que os olhos não veem, o coração não sente”? Pois é, muitas pessoas acabam deixando em segundo plano os cuidados com as instalações hidráulicas porque esquecem que existem riscos de problemas ocultos se alastrando ali. Mas existe a possibilidade que eles cresçam e se tornem muito maiores, até virem à tona.

Por isso, para evitar cair nessa cilada, entenda a importância da manutenção preventiva das tubulações e como você deve pensar e se programar para realizá-la!

O que é a manutenção preventiva de tubulações?

Existem dois tipos de manutenção: a preventiva e a corretiva. A primeira acontece independentemente da verificação de problemas. Antes que eles aconteçam, você toma a iniciativa de fazer uma checagem em todos os pontos da tubulação: caixas de água, sifões, caixas de gordura, de esgoto, poços de recalque etc.

Essa é uma forma de garantir o bom estado das instalações e evitar que elas venham a apresentar problemas. De forma geral, a manutenção preventiva é mais rápida, segura e econômica, pois evita gastos com consertos e obras de ajustes.

Já a manutenção corretiva é para realizar desentupimentos e fazer correção de estragos que já se instalaram no sistema de esgoto e hidráulico.

Por que é importante se preocupar com isso?

A manutenção preventiva é importante tanto nas residências como nas empresas porque traz bem-estar, conforto, segurança e evita gastos maiores. Enquanto sujeiras, detritos e gorduras se instalam nos canos, um problema de entupimento está a caminho. Depois, para resolver isso, os gastos serão muito maiores.

Nas empresas, provavelmente vai envolver paralisação das atividades e pode até acontecer contaminação de estoques, com grandes perdas.

Já nas residências, é comum que cause dificuldades no escoamento da água, descarga que não desce no vaso, retorno de água com detritos na pia ou mal cheiro nos ambientes. Além disso, o cheiro fétido e as sujeiras costumam atrair pragas urbanas. Você começa a perceber o surgimento de baratas, ratos e outros insetos que são atraídos pelos restos em decomposição dentro dos canos.

Como essa manutenção preventiva funciona na prática?

Na prática, você precisa se organizar para montar um calendário organizado de verificações no sistema de tubulações. Para isso, deve tomar alguns cuidados. Veja quais são os principais abaixo.

Identifique os problemas atuais

O primeiro passo é verificar se tem sinais de problemas preexistentes. Veja se tem mal cheiro, barulhos estranhos nos canos, diminuição na velocidade de escoamento da água. Tudo isso indica que um processo de entupimento já está acontecendo. Em caso positivo, uma primeira manutenção deve ser realizada de imediato.

Defina a periodicidade

Depois do primeiro passo, pense de quanto em quanto tempo deve receber uma nova visita. Por experiência, aconselhamos um intervalo de seis meses para cada verificação. É tempo suficiente para garantir a segurança das instalações, sem surpresas.

Tome os cuidados de rotina

Entre as manutenções, tenha cuidados de rotina. Não jogue óleo na pia, mantenha o ralo protegido por uma tela, para que não entrem sujeiras ou detritos, nem jogue papeis ou objetos no vaso sanitário. A tubulação deve receber apenas aquilo para o qual foi destinada. Tudo o mais pode causar entupimento.

Periodicamente, despeje água fervente nas pias e no sanitário. Depois de lavar a louça, coloque duas a três colheres de detergente no ralo e jogue um pouco de água fervente, com cuidado para não se queimar.

Busque profissionais de confiança

Lembre-se sempre que o barato sai caro. Não adianta procurar alguém que não seja especializado. Invista na sua segurança, bem-estar e na organização e solidez da sua empresa. Avalie a qualidade dos serviços, solicite as autorizações de funcionamento e alvarás da empresa: garanta que está tudo certo.

Realizar a manutenção preventiva de tubulações é um serviço sério e precisa de profissionais capacitados, com materiais adequados, devidamente equipados e protegidos, para realizar um trabalho seguro e eficiente. Assim, você obterá os resultados que deseja e não precisará se preocupar com surpresas negativas nos seus encanamentos.

Quer saber mais sobre prevenção e bem-estar? Veja como funciona a manutenção preventiva da fossa.


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800-3333-3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.