5 Sinais de que sua caixa d’água precisa de limpeza

Você sabe como notar a necessidade de limpeza na caixa d’água? A água é um recurso precioso para a vida, por isso, adotar cuidados para preservar a qualidade é muito importante — afinal, ajuda a evitar riscos que podem afetar a saúde.

Nesse sentido, a limpeza periódica da caixa d’água é uma ação preventiva que contribui para evitar o acúmulo de sujeiras e garantir a potabilidade. Com isso, todas as pessoas podem consumir água com tranquilidade para todas as atividades pessoais.

Se você deseja esclarecer suas dúvidas e entender como e qual o melhor momento para realizar a limpeza da caixa d’água, vamos ajudar! Continue a leitura deste post e saiba quais os 5 sinais de que está no momento de fazer a limpeza do reservatório!

Qual a importância da limpeza da caixa d’água?

A caixa é um local de armazenamento da água potável, utilizada para o consumo humano, higiene e outras atividades. Por isso, manter a limpeza adequada é fundamental para evitar o acúmulo de sujeiras e microrganismos, que colocam a saúde em risco.

Dessa forma, seja em sua empresa, casa, estabelecimento comercial, condomínio e imóveis em geral, executar a limpeza da caixa d’água é essencial — sobretudo, para manter a qualidade da água que é consumida, preservando, assim, a saúde de todos.

Imagina se você vai querer que a sua caixa d’água suja seja vetor de doenças? Claro que não! Mas será que está tomando os devidos cuidados para que ela tenha sempre uma água limpa e saudável?

Nesse sentido, a falta de higiene e cuidados em uma caixa d’água é o gatilho para o surgimento de diversas doenças perigosas, por exemplo:

  • amebíase;
  • giardíase;
  • dengue;
  • hepatite A.

Além disso, deixar de limpar a caixa pode provocar odores e gosto ruim na água, que comprometem até mesmo o preparo das refeições. Portanto, a limpeza da caixa d’água é um assunto importante e que deve ser considerado uma prioridade para evitar diversas complicações.

Quais os 5 principais sinais de que há sujeira na caixa d’água?

Quando uma caixa d’água está suja, ela apresenta alguns sinais que começam de forma leve e com o tempo, se intensificam. Dessa forma, é preciso monitorar com atenção, pois até perceber alterações no sabor e odor, o reservatório pode estar com grande acúmulo de sujeiras.

Com atenção aos detalhes, é importante ficar de olho na caixa e fazer verificações sempre que possível. Não vai gastar muito tempo, basta apenas conferir a boia hidráulica e se há presença de algas, larvas e outros tipos de impurezas.

Veja os principais sinais de que a sua caixa d’água pode estar suja!

1. Você nem lembra quando foi a última vez que limpou ou fez a manutenção

Você limpou a sua caixa d’água, mas não se lembra muito bem quando foi que executou esse trabalho? Bem, a higienização deve ser realizada de forma periódica, e esquecer disso já é um sinal de que faz muito tempo desde a última faxina.

Com a correria do dia a dia é difícil mesmo se lembrar de que a sua caixa d’água precisa de uma boa limpeza. Sabendo disso, que tal se organizar e agendar a manutenção para não deixar essa atividade passar em branco?

Hoje, todo mundo tem um celular, não é verdade? Programe um alarme ou lembrete na agenda do aparelho para que ele avisa quando a data estiver se aproximando. Assim, você pode planejar melhor seu tempo e já pensar na melhor data para realizar a tarefa.

2. A água apresenta coloração escura

É importante observar a cor da água sempre que possível. Se a água estiver escura é sinal de que precisa fazer a manutenção/limpeza da caixa d’água urgentemente. Se a água que sai da sua torneira já está chegando suja é porque a situação pode ser bem ruim.

Portanto, é essencial fazer uma análise visual da caixa d’água e verificar se apresenta alguma alteração na cor e se há partículas suspensas. Mesmo que seja com pouca intensidade, para evitar complicações é importante providenciar a limpeza imediatamente.

3. Presença de lodo dentro da caixa d’água

Quando não há manutenção periódica da caixa d’água, acumulam-se fungos na água e esses fungos aglomerados constituem o lodo. Por isso, a presença de lodo é outro sinal importante para indicar a necessidade de limpar o reservatório.

Geralmente, quando existe lodo na caixa é devido ao longo tempo sem a limpeza e toda a água pode estar contaminada. Sendo assim, é um sinal que exige medidas imediatas para aplicar a higienização e eliminar todas as camadas do lodo.

4. Pouca pressão ou tubulação entupida

A água da torneira está sem pressão ou já nem desce mais? É um forte indicativo de que a tubulação pode estar obstruída. A primeira coisa a se fazer é conferir a caixa d’água para saber se está suja.

As partículas sólidas podem se acumular nos canos — principalmente nas curvas — e entupir o fluxo da água. A partir daí, é comum aparecerem infiltrações e vazamentos, problemas que tendem a piorar progressivamente.

A limpeza da caixa d’água suja é um trabalho relativamente simples, mas se for preciso desobstruir a tubulação, pode ser que você tenha mais trabalho e, consequentemente, mais gastos. O melhor mesmo é manter a caixa sempre limpa para não ter esse tipo de problema, concorda?

5. Água com cheiro ruim

Esse teste você pode realizar sempre: pegue um copo de vidro sem cor e encha com água da torneira. Faça isso com todas as torneiras da casa. Em um ambiente bem iluminado, procure enxergar partículas sólidas flutuando na água do copo.

Inspire o ar dentro do copo com a água da torneira para confirmar se não há nenhum mau cheiro. A água deve chegar em sua casa cristalina e sem odor, por isso, qualquer impureza sólida identificada ou cheiro duvidoso já servem de motivo para uma boa verificada na caixa d’água.

Por que a caixa d’água fica suja?

Segundo especialistas, a sujeira aparece a partir de bactérias que consomem os resíduos de cloro presentes na água tratada pela companhia de abastecimentos das cidades. Uma situação que acontece em todas as cidades e reservatórios.

Sendo assim, a sujeira forma colônias de bactérias que se fixam nas paredes das caixas d’água. Muitos desses micro-organismos são prejudiciais à saúde das pessoas. Com o tempo, ganham forma e comprometem a qualidade e potabilidade da água.

A sujeira também entra facilmente em caixas d’água destampadas. Poeira, folhas, ciscos, fuligem, insetos e até animais são encontrados nos reservatórios sem proteção. A tampa também serve para bloquear a luz solar e evitar o surgimento de algas que dependem do sol para fazer a fotossíntese.

Em vista disso, a limpeza preventiva é a medida mais indicada para evitar que problemas mais extremos aconteçam. Sem contar que é bem mais fácil limpar uma caixa d’água bem cuidada, não é mesmo?

Como fazer a limpeza da caixa d’água de forma adequada?

Ao contrário do que muitos pensam, a limpeza da caixa d’água é um processo técnico e que deve ser realizado com todos os cuidados. Sobretudo, para garantir que a higienização elimine as sujeiras visíveis e não visíveis com eficiência, mantendo a água em perfeitas condições.

Veja a seguir, algumas dicas para fazer a limpeza da caixa d’água!

Faça a aquisição dos materiais necessários

Antes de tudo, o primeiro passo para limpeza da caixa d’água é reunir todos os materiais necessários. Certifique-se de ter produtos de qualidade e acessórios novos, para garantir que a higienização aconteça da forma correta e evitando contaminações.

Você vai precisar dos seguintes itens:

  • luvas de látex;
  • balde;
  • água sanitária;
  • escova;
  • panos limpos e secos.

Bloqueie do fornecimento

Após reunir todos os materiais, bloqueie a entrega de água na caixa no registro e comece a esvaziá-la. Esse processo deve acontecer em um momento planejado, pois durante a limpeza toda a casa vai permanecer sem água, até que seja concluída a limpeza.

 Feche da saída de água e realize a limpeza

Quando a caixa estiver completamente vazia, feche a saída de água e comece a realizar a limpeza, removendo todas as camadas de sujeira. Aplique a água sanitária nas paredes e no fundo da caixa, use as luvas e esfregue bem, remova a água com o pano e o balde.

Depois da limpeza, retire toda a água que sobrou na caixa, coloque mais água sanitária e aguarde 2 horas. Após essa etapa, libere a saída da água para o encanamento, mas lembre-se que essa água não deve ser consumida, apenas para limpeza e descargas.

Encha a caixa novamente

Depois de ter liberado a água desinfectada e utilizado para limpezas e descarga no banheiro, abra o registro e deixe a caixa encher novamente. Feche a caixa completamente e todo o abastecimento pode ser retomado, com o reservatório devidamente higienizado.

Quais os cuidados para a limpeza correta da caixa d’água?

A limpeza da caixa d’água é uma atividade que precisa ser bem programada e com atenção para evitar possíveis contratempos. Por isso, para ter resultados satisfatórios é essencial realizar tudo da forma correta, considerando os seguintes cuidados:

  • não abra torneiras e descargas durante a limpeza;
  • após terminar a limpeza, aguarde 30 minutos para usar torneiras para evitar bolhas de ar;
  • utilize a luva durante todo o processo;
  • se a limpeza for em condomínio, faça o comunicado prévio;
  • tenha cuidado com a segurança em relação a altura.

Uma dica muito importante é contratar uma empresa especialista para realizar a limpeza da caixa d ‘água. Além de ter uma higienização completa, você terá todo apoio, uso de produtos corretos, agilidade e a segurança de contar com profissionais qualificados.

Além disso, aplique os testes de odor e de identificação de partículas e, sempre que possível, faça aquela inspeção caprichada no próprio reservatório. Lembre-se também de manter a caixa sempre fechada para evitar proliferação de doenças e preservar a boa qualidade da água.

Como pode notar, a limpeza da caixa d’água é essencial para preservar a saúde de todos em uma residência ou ambiente profissional. Portanto, não deixe de observar os sinais e contar com apoio especializado para manter a caixa higienizada e livre de contaminações.

Gostou do post? O que achou de saber tudo sobre a limpeza da caixa d’água? Agora que entendeu sobre o assunto, compartilhe conosco a sua opinião! Deixe aqui o seu comentário e vamos conversar sobre esse importante tema!