Como limpar caixa d’água de condomínio? Confira 5 boas práticas!

Para garantir que a água nas unidades chegue com boa qualidade, não basta confiar nos serviços de fornecimento. Os reservatórios também devem passar pela manutenção e limpeza periódica, em caráter obrigatório. Entender como limpar caixa d’água de condomínio e quais são as boas práticas para adotar durante o procedimento é muito importante para que tudo seja feito de acordo com as normas legais.

Quer aprender mais sobre limpeza de caixa d’água em condomínios? Acompanhe este artigo! Separamos as principais informações e cinco boas práticas para implementar!

O que acontece com quem não limpa a caixa d’água do condomínio?

A gestão deve estar familiarizada sobre os procedimentos de como limpar caixa d’água de condomínio, realizando o serviço de maneira profissional, com especialistas no assunto. Isso é importante por vários fatores, listados a seguir!

O condomínio poderá ser penalizado

Segundo as normas da Anvisa, o condomínio deve fazer a limpeza da caixa d’água e guardar o comprovante da prestação de serviços. O certificado do serviço deverá ser emitido por empresas habilitadas a realizar a limpeza e desinfecção da caixa d’água.

Quem recebe uma fiscalização sanitária e não está regular pode ser penalizado, com aplicação de multas e abertura de procedimentos administrativos. O cumprimento das normas sanitárias é importante também sob o ponto de vista da gestão, pois pode trazer grandes prejuízos ao condomínio.

A água fica imprópria para consumo

A saúde de quem consome água vinda de caixas não tratadas está em risco. Mesmo que ela não seja usada para beber, ainda assim será aplicada em diversas atividades como lavagem de louças, roupas e banho.

Com isso, as pessoas ficam em contato com patógenos diversos, especialmente bactérias, que podem causar problemas de saúde graves.

A caixa d’água acumula muitos resíduos

Além dos gravíssimos problemas de saúde e segurança, a caixa d’água que fica suja por muito tempo acumula resíduos. Esse material é causado pela decomposição do cloro feita por bactérias, que se multiplicam e formam uma espécie de lodo.

O lodo afeta as propriedades da água e também pode ser volumoso a ponto de danificar o sistema hidráulico do condomínio. Por isso, a melhor forma de evitar que isso aconteça é adotar a regularidade na limpeza.

A caixa d’água pode propagar doenças

Durante a limpeza de caixa d’água, os profissionais habilitados também realizam uma inspeção das estruturas e verificam problemas que precisam de correção. É importante lembrar que os reservatórios de água limpa são capazes de proliferar bactérias nocivas, mas também abrigar insetos que causam doenças. As mais comuns são as transmitidas por mosquitos, como Zika, Chikungunya e Dengue. Assim, quem deixa de revisar e limpar as caixas d’água contribui para a proliferação de doenças.

Quais são as melhores práticas para manutenção de caixa d’água?

Os condomínios devem fazer a limpeza de caixas d’água de maneira responsável. Para isso, é importante adotar algumas práticas seguras para que a manutenção seja feita corretamente, veja abaixo!

1. Comunique os condôminos sobre o procedimento

A comunicação sobre o serviço de limpeza de caixas d’água em condomínio deve ser clara, amplamente divulgada e feita com antecedência. O síndico deve informar o dia e horário em que os serviços serão executados, bem como qual é a expectativa de duração do trabalho.

É comum que os condôminos sejam orientados a interromper o uso de água em suas unidades durante a limpeza. A orientação deve ser específica, informando que torneiras não deverão ser abertas, bem como as descargas deverão ser utilizadas apenas após a conclusão do trabalho.

2. Planeje a limpeza de caixa d’água com regularidade

Segundo as normas técnicas, a limpeza de caixa d’água em condomínio deverá ser feita a cada 180 dias, caso seja feita manutenção nos reservatórios ou se for percebida qualquer alteração na água das unidades. Assim, o intervalo máximo será de seis meses.

É importante incluir a manutenção nas despesas regulares do condomínio, pois ela é obrigatória e previsível. Pelo menos duas vezes ao ano será necessário contar com os recursos e organização para realizar o serviço.

3. Contrate a desinfecção de reservatórios

A limpeza da caixa d’água do condomínio não é tão simples como parece. Para que seja executada corretamente é muito importante que ela assegure a desinfecção dos reservatórios, ou seja, a limpeza profunda, que elimina resíduos e patógenos.

As limpezas são regulamentadas por normas sanitárias, que devem ser seguidas para garantir a efetividade do procedimento. Por isso, a limpeza da caixa d’água só é considerada regular quando o prestador de serviço certifica a realização da desinfecção.

4. Faça antes da época de chuvas

Sempre que possível é bom planejar a limpeza da caixa d’água em períodos de estiagem. Isso porque é nessa época que há menos sobrecarga no sistema hidráulico, facilitando a realização da limpeza.

Caso não seja possível fazer antes do período de chuvas, a contratação de profissionais bem treinados é ainda mais importante. Mesmo em período de chuvas, a limpeza será possível caso seja feita com a técnica adequada.

5. Contrate serviços especializados

Para uma boa limpeza de caixa d’água no condomínio é importante seguir as normas técnicas, utilizando procedimentos recomendados. O hidrojateamento, que é a utilização de jatos de água pressurizados, é a forma mais limpa e segura de fazer a limpeza.

Para que seja possível usar essa técnica, será necessário buscar profissionais habilitados e que tenham bons equipamentos para executar a limpeza. Nunca deve ser feita uma limpeza por conta própria, sem uso de técnicas seguras e ambientalmente responsáveis.

A Desentupidora Fortaleza trabalha há mais de vinte anos na área, atendendo condomínios, empresas e residências de todos os portes. Os serviços são realizados de acordo com as normas da Anvisa e da CETESB, fornecendo aos clientes a certeza de uma desinfecção correta dos reservatórios.

Aprender como limpar caixa d’água de condomínio é muito importante para garantir o cumprimento das normas técnicas e assegurar a saúde e segurança de todos. O procedimento é obrigatório e deve ser feito regularmente, com profissionais habilitados para certificar a limpeza realizada.

Precisa de serviços de limpeza de caixa d’água? Entre em contato com a Desentupidora Fortaleza em qualquer dia e horário, para realização de orçamentos e serviços 24 horas em São Paulo e região!

 

 

 


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800 3333 3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.