Confira dicas para fazer a detecção de vazamentos ocultos na sua casa

A conta de água aumentou de forma expressiva num pequeno espaço de tempo? Provavelmente sua casa pode estar sofrendo com vazamentos ocultos! A detecção desse tipo de problema é realmente mais complicada, mas pode ser feita com diversas técnicas.

No entanto, é possível evitar a quebra de diversos ambientes, reduzindo os incômodos e despesas! Quer saber mais como fazer isso? Quer entender melhor como se faz a detecção de um vazamento oculto? Veja mais a seguir!

O que são vazamentos ocultos?

Quando um cano quebra ou uma torneira não para de vazar, é fácil saber a origem do problema, certo? Ele está ali, aos olhos. Porém, muitas vezes, o aumento súbito na conta de água é um indício de um problema escondido. Por isso, nos casos em que o problema não é facilmente detectável, dizemos que existe um vazamento oculto.

Como a rede de canos fica, na maior parte, sob as paredes e piso, podem ocorrer rachaduras e danos sem que ninguém perceba, até o prejuízo chegar.

Quais os perigos desse tipo de vazamento?

Os vazamentos ocultos podem trazer inúmeras dores de cabeça, além do desperdício e do gasto financeiro. Quando não detectado a tempo, ele pode impactar a segurança do prédio, interferindo na estrutura das paredes e do próprio alicerce — vai depender da dimensão do problema.

Além disso, podem causar estragos como mofo e infiltrações, além de atrair a presença de pragas urbanas por formação de lodo e acúmulo de matéria orgânica. Em situações piores, pode sobrecarregar o sistema de drenagem pluvial e de esgoto, causando interferências no escoamento, entupimentos e até enchendo precocemente fossas e caixas de passagem, pois pode atrapalhar a passagem correta dos detritos.

Como saber se um vazamento é interno ou externo?

Um vazamento oculto pode ser interno — dentro do ambiente do prédio — ou externo, nos canos da rua. Uma forma de saber sua origem é abrir todos os registros do imóvel e desligar os aparelhos que usam águas, fechando todas as torneiras.

Feito isso, vá até o relógio de água e marque a posição do hidrômetro. Depois de uma hora sem utilização de água, verifique novamente a marcação. Se houver mudanças, é sinal de que algum cano que vem da rua está com vazamentos.

Você também pode fazer um teste na caixa d’água para verificar se existe vazamento vindo da rua. Em vez de marcar o hidrômetro, marque o nível da água na caixa. Se, depois de uma hora, ele baixar, significa que existe algum vazamento.

Quais as consequências de não lidar com os vazamentos?

O consumo de água e os períodos de seca têm sido um problema para as companhias. Por isso, em vários estados vêm sendo anunciadas multas para quem aumentar a média de utilização de água, como forma de lidar com a crise hídrica.

Então, imagine só: você economiza, fecha as torneiras, toma banhos rápidos e reaproveita a água da forma que pode, mas a conta aumenta por causa de um vazamento oculto! Não parece nada bom, concorda?

Por isso, redobre a atenção: a multa para quem aumentar o consumo varia de 40% a 100%, sem contar o esgoto!

Como detectar vazamentos ocultos?

Existem algumas formas de detectar vazamentos ocultos. Se você desconfia que pode estar sofrendo com o problema, confira as dicas abaixo para verificar se, de fato, está acontecendo com você!

Confira a conta de consumo

O primeiro passo para saber se sua casa tem vazamentos é acompanhar os gastos com água. Se a conta aumenta ao longo de vários meses ou então se o padrão de consumo de água não mudou, mas a quantidade de água indicada na conta cresceu, é hora de conferir as tubulações.

Verifique o medidor de água

Se a casa não tem nenhuma torneira ligada, e a caixa d’água está cheia, seu medidor deveria parar de se mover. Caso você perceba que, mesmo com a caixa cheia, ainda há movimentação, certamente existe perda de água em algum lugar.

Dependendo da velocidade da rotação do medidor, é possível verificar se o vazamento é mais ou menos intenso.

Teste as torneiras

Uma torneira em bom estado de funcionamento deve fechar até cortar completamente o fluxo de água. Se você tiver várias torneiras pingando, certamente encontrará um aumento de consumo de água.

A solução do problema do vazamento em torneiras costuma ser bem simples, com a substituição das vedações (a famosa borrachinha) ou a troca das torneiras. Se, após lidar com as torneiras, o consumo diminuir, provavelmente o problema era a torneira pingando.

Você também pode fazer um teste adicional nas torneiras alimentadas diretamente pela rede da rua, sem passar pela caixa. Feche o registro e abra a torneira até que a água saia completamente. Assim que parar de correr água, ponha um copo com um pouco d’água encostando na ponta da torneira: se o líquido for sugado, existe um vazamento oculto.

Observe as válvulas de descarga

Outro teste clássico para a detecção de vazamentos ocultos é a conferência das válvulas de descarga nos banheiros. Seja de caixa acoplada ou válvula de parede, em qualquer caso, a descarga pode ser a fonte do problema.

Jogue algo leve, como pó de café, no vaso sanitário. Veja se há movimentação de água mesmo sem acionar o botão. Caso positivo, é hora de fazer a troca ou o reparo das válvulas de parede ou o sistema da caixa acoplada, com kits vendidos em lojas de materiais de construção.

Confira a boia da caixa d’água

Se sua caixa d’água tiver problema com a boia, vai encher até transbordar. Se ela fica em um local como o telhado, a água pode escorrer sem que você perceba. Dê uma olhada na caixa d’água e veja se encontra furos, problemas com a vedação ou com a boia.

O que fazer se nada disso funcionar?

Se depois de todos estes testes ainda não foi possível encerrar a questão, é provável que alguma tubulação tenha se rompido. Nos casos em que os canos derramam água por dentro de paredes ou no chão, às vezes não é possível ver sinais externos do vazamento. Isso não quer dizer que não há solução!

A detecção de vazamentos ocultos por um caça vazamentos é a melhor alternativa para buscar o problema de forma específica. Com o uso de aparelhos e técnicas especiais, a equipe consegue identificar e reparar os encanamentos de forma rápida, eliminando o problema com menos transtornos do que se trabalhassem com tentativa e erro.

A detecção de vazamentos ocultos pode ser um grande desafio. Com alguns testes e um pouco de observação, é possível resolver os problemas mais simples que causam o aumento de consumo. Nos casos em que não há evidências de problemas com torneiras, válvulas e caixa d’água, a melhor solução é buscar um serviço especializado para encontrar e consertar o problema.

Como a Desentupidora Fortaleza pode ajudar?

A Desentupidora Fortaleza dispõe do serviço de caça vazamentos, que busca justamente os problemas invisíveis e ocultos, seja em paredes ou no solo. Usamos um aparelho chamado geofone para “ouvir” as vibrações típicas dos vazamentos e saber exatamente onde eles estão localizados, sem quebrar seus pisos e suas paredes.

Além disso, também temos equipamentos de ponta para microfilmar os canos e encontrar problemas sem necessidade de danificar nada na sua empresa ou residência.

Você não precisa mais se preocupar com vazamentos ocultos! Se estiver desconfiando do problema ou encontrar qualquer sinal dele, basta chamar nossa equipe especializada que está disponível 24 horas para ajudar!

Está precisando de ajuda com um vazamentos ocultos? Entre em contato para conversar com um de nossos especialistas!


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800-3333-3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.