O que pode causar mau cheiro em casa? Saiba como prevenir

Não suporta mais o mau cheiro em casa? E pior, não sabe qual a origem do odor desagradável? Esse tipo de situação é comum tanto para quem mora em casa quanto para os moradores de apartamento e é necessário prestar atenção aos primeiros sinais do mau cheiro para eliminar o problema e evitar que piore.

Muita gente tenta contornar a situação com produtos de limpeza de cheiro bem forte ou com aromatizadores, mas isso não soluciona o fedor de verdade, concorda? Basta o cheirinho do aromatizante passar para que o odor desagradável retorne.

Neste texto, vamos explicar as possíveis causas do mau cheiro em casa e dar várias dicas importantíssimas para acabar de vez com esse constrangimento. Acompanhe a leitura e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

O que pode causar mau cheiro em casa?

Ter mau cheiro em casa é algo muito desagradável! O ambiente que deveria ser para a gente descansar, acaba se tornando um incômodo, e sem contar que é bem constrangedor receber visitas nessa situação, concorda?

A geladeira, por exemplo, é um foco de mau cheiro em casa que causa muita dor de cabeça aos moradores. Se uma comida estraga lá dentro, o cheiro custa a sair, mesmo depois de descartar os alimentos estragados e limpar as prateleiras e paredes do eletrodoméstico.

Deixar acumular lixo dentro de casa também não é uma boa ideia, se pretende se ver livre do mau cheiro. Acontece que onde o chorume (líquido fétido e tóxico produzido a partir de matéria orgânica em decomposição) encosta, o fedor custa a passar, mesmo depois de remover o lixo. Qualquer gota desse líquido pode deixar o ambiente bem fedido!

Ralos

Acredite se quiser! Mesmo que o ralo não esteja entupido, ele também acumula matéria orgânica que exala um insuportável mau cheiro em casa. A putrefação dos resíduos deixa o banheiro com esse odor, que pode ser também um sinal de problemas maiores.

Mesmo que o ralo esteja em perfeito funcionamento, é possível que você sinta a exalação típica de esgoto, sabe? Isso é um indicativo de que a caixa de esgoto ou a fossa residencial podem estar cheias, ou até mesmo transbordando.

Isso faz com que os gases provenientes da decomposição dos rejeitos retornem diretamente para dentro de casa! Super desagradável, concorda?

Mofo

O mofo é um típico causador de mau cheiro em casa. E para piorar, não bastasse o fedor característico dos porões e sótãos, causa uma série de problemas de saúde, sabia?

  • irritação nos olhos;
  • irritação na garganta;
  • crise alérgica respiratória;
  • pneumonia fúngica;
  • sinusite fúngica.

E, diferente do que a maioria das pessoas pensa, não é só a umidade que faz o mofo aparecer. Lugares com pouca ventilação, abafados e sem incidência de luz solar são perfeitos para o mofo, também chamado popularmente de “bolor”.

A estrutura desse tipo de fungo contém esporos que pairam no ar, por isso é tão fácil perceber a presença de mofo, o mau cheiro em casa fica insuportável! 

Umidade

Locais livres de calor e com a presença de umidade são verdadeiros “criadouros” de mofo. Diferente do mofo “escondido” no sótão, a umidade pode infiltrar nas paredes e teto de qualquer cômodo, causando um enorme desconforto para quem vive no ambiente.

As manchas de bolor causadas pela umidade são mais comuns no tempo chuvoso, por isso, se você sabe que aí na sua casa tem esse problema, é melhor solucioná-lo nos meses de tempo firme.

E um aviso: quanto antes a manutenção for providenciada, melhor! A umidade causa estufamento na pintura, deixa a massa fraca e porosa e pode prejudicar seriamente a alvenaria do imóvel.

Odores de lixo

Odor de lixo é um dos piores, fala a verdade! Basta dispensar algumas cascas de legumes, frutas e restos de comida na lixeira para que em poucas horas o ambiente esteja tomado com o cheiro ácido da decomposição.

E no calor, o mau cheiro em casa por causa do lixo é ainda pior. As bactérias agem com mais rapidez, há maior presença de mosquitos e moscas e até larvas podem aparecer. Por isso, o ideal é não deixar o lixo se acumular, principalmente nas lixeiras da cozinha e do banheiro, fica a dica!

Sapatos

Até mesmo os sapatos podem causar mau cheiro em casa, sabia? Sim, isso acontece porque muitas bactérias se alimentam da umidade e restos de células mortas que ficam nos nossos pés e depois expelem gases que causam um odor extremamente desagradável, o popular “chulé”.

E para piorar, o calçado fechado intensifica o odor desses gases, impregnando toda a casa. Para combater esse problema, você pode guardar os sapatos em uma área aberta e expor as palmilhas ao sol.

E, se a ideia é evitar o chulé, basta trocar diariamente as meias, usar o talco antisséptico e sempre certificar-se de que os pés estão bem secos antes de colocá-los.

Pets

Principalmente para quem mora em apartamento, é muito importante levar os pets para fazerem suas necessidades na rua. Não deixe as fezes se acumularem no quintal e eduque o animal para urinar em um jornal ou no tapete higiênico.

E aqui vai uma dica especial para quem possui gatos: deixe as caixas de areia em ambientes abertos como área, varanda, cobertura… Quanto mais gatos você tem, mais caixas deve espalhar pela casa, e elas precisam estar sempre limpas!

O gato pode se recusar a usar a caixa suja e passar a se aliviar em locais inadequados como tapetes, roupas, sofá, vasos de planta…

Outro detalhe importante: se você gosta de animais, preze pela saúde deles dando banho e escovando o pelo periodicamente. Principalmente se os pets podem ocupar os ambientes internos da casa, afinal, você não vai querer ter o sofá, tapete e cama cheio de pelos e com um “cheirinho” duvidoso, não é mesmo?

O que causa mau cheiro na cozinha?

O mau cheiro em casa pode ter várias origens, mas é bem comum que a fonte do problema seja a cozinha. Panos úmidos e mofados são frequentemente ignorados, mas causam um odor forte e desagradável, assim como esponjas velhas e resíduos de alimentos que tenham caído atrás do fogão e embaixo dos armários, por exemplo.

Alguns alimentos possuem cheiro ruim e é natural que a cozinha fique impregnada na hora de prepará-los, como é o caso dos pescados e frutos do mar. Fritura é outra coisa que gera um odor persistente e bem desagradável dentro de casa, não é mesmo?

Além disso, como já lembramos neste texto, a geladeira deve ser inspecionada sempre que um aroma novo surgir na cozinha. Mas e se o cheiro ruim persistir no ambiente? Bem, então será necessário inspecionar o ralo da pia.

O odor pode ser do sifão, que acumula aquele resto de lixo da pia, o que dá pra resolver facilmente, mas se o problema estiver na caixa de gordura ou fossa residencial, vai precisar de ajuda profissional para dar um jeito no mau cheiro em casa.

Observe se a água desce normalmente pelo ralo ou não, e se há algum barulho estranho enquanto isso acontece. Geralmente, isso indica: caixa de gordura e fossa cheias ou algum entupimento na tubulação.

São situações distintas e que devem ser resolvidas por profissionais. Afinal, não adianta tentar desentupir o cano se o problema é a fossa residencial transbordando, concorda? Ou mesmo o contrário: não há razão para limpar a fossa e caixa de gordura se o que está causando o mau cheiro são os resíduos incrustados na tubulação.

O que causa cheiro ruim no banheiro?

Assim como na cozinha, o ralo do banheiro também é responsável pelo persistente mau cheiro em casa. Trata-se de uma situação desagradável para qualquer um porque mesmo com limpeza periódica e produtos aromatizados, o odor persiste.

Por isso, verifique se o problema está na pia ou nos ralos do chão antes de providenciar o conserto. Se quiser evitar o mau cheiro proveniente das obstruções no encanamento, descarte corretamente:

  • restos de sabonete;
  • restos de maquiagem;
  • pedaços de algodão;
  • papel higiênico;
  • embalagens.

Todos esses itens devem ser descartados na lixeira, principalmente o papel higiênico que sempre costuma ser o grande vilão dos vasos sanitários entupidos e mau cheirosos.

Um outro detalhe importante sobre o mau cheiro no banheiro: quando a fossa enche, é o primeiro lugar da casa em que o cheiro ruim se manifestará, pois tem ligação direta com esse sistema de esgotamento doméstico.

Por se tratar de ambiente úmido e com pouca ventilação, é comum o aparecimento de mofo no teto. Presta atenção aos primeiros sinais do surgimento de fungos no banheiro para não colocar a saúde em risco, além de evitar ter um mau cheiro em casa.

Quais as causas de mau cheiro em fossas residenciais?

Você sabe como funcionam as fossas residenciais? É assim: quando a descarga é acionada dentro de casa, os rejeitos e a água servida são direcionados para um “tanque” subterrâneo onde sofrem um tratamento biológico com auxílio de bactérias.

As bactérias decompõem a matéria orgânica ali depositada, transformando esse material em gases e compostos menos prejudiciais ao meio ambiente. As fossas são mais comuns nos locais em que não há ligação ao sistema tradicional de coleta e descarte de rejeitos de esgoto.

Um dos principais motivos para que a fossa exale o mau cheiro em casa é a falta das bactérias aeróbicas e anaeróbicas que ajudam a decompor o lixo orgânico e os resíduos sólidos. Entretanto, se o local está há muito tempo sem avaliação técnica, é bem provável que já seja a hora de solicitar ajuda profissional para a limpeza da fossa.

Fossa cheia ou transbordando

O mau cheiro em casa provocado pela fossa cheia ou transbordando é sem dúvida um dos piores. Nesses casos, o esgoto corre a céu aberto exalando o aroma desagradavel e espalhando rejeito tóxico pelo chão.

Mas antes que isso aconteça, fique de olho nos sinais para saber se já não é hora de chamar uma empresa especializada em limpeza de fossas. Por exemplo: o cheiro frequente de putrefação é um sinal de que a fossa está quase no limite e o rejeito se encontra próximo à borda, daí o frequente mau cheiro em casa.

Como acabar com o mau cheiro?

Acabar com o mau cheiro em casa pode ser mais simples do que imagina, caso o problema não seja grave como nas fossas cheias ou canos entupidos. Você pode tentar alguns truques simples e úteis, com produtos domésticos e que todo mundo tem em casa.

Portanto, anote as dicas que vamos passar para que você tente todas as alternativas para resolver a questão do constrangedor e desagradável mau cheiro em casa.

Ralos

Para a primeira dica de limpeza de ralos você deverá separar alguns produtos e acessórios de limpeza para garantir que os resíduos serão removidos, levando consigo o odor ruim.

  • 2 baldes com 1L d’água em cada um;
  • escova de vaso sanitário;
  • bicarbonato de sódio;
  • água sanitária;
  • detergente;
  • vinagre branco.

Pingue 10 gotas de detergente em um dos baldes e despeje duas colheres de água sanitária no outro. Molhe a escova na solução com detergente e, após remover a tampa do ralo, limpe o interior, sobretudo as paredes.

Depois, coloque todo o conteúdo do balde com água sanitária no ralo e espere descer. Agora, você deve acrescentar, tanto nas bordas quanto no interior, ao menos 2 saquinhos de bicarbonato de sódio em pó. Feito isso, esguiche o vinagre branco por cima até borbulhar bastante.

Isso ajuda a desobstruir o cano levando a matéria orgânica em decomposição, e consequentemente o mau cheiro, para o esgoto.

Sifão da pia

Assim como no ralo, matéria orgânica presa no sifão causa um odor bem mau cheiroso. Se a água da pia custa a descer, trata-se de um sinal de que há obstrução no encanamento. Na melhor das hipóteses, o entupimento encontra-se no sifão e é bem simples de solucionar.

Despeje água fervente em abundância na pia e aguarde. Se necessário, repita o procedimento algumas vezes. Essa técnica consiste em derreter as placas de gordura que ficam incrustadas no encanamento e liberar o fluxo no sifão.

Caso isso não funcione, ligar o jato da mangueira diretamente no ralo pode ser uma boa ideia, mas se quiser evitar trabalho, simplesmente troque o sifão. Você encontra em qualquer loja de material de construção e o preço é bem em conta.

Se ainda assim o problema persistir, verifique a caixa de gordura. Porém, limpar a caixa de gordura não é tão simples, por isso, contrate uma empresa especializada.

Isso mesmo, afinal, é necessário descartar corretamente o rejeito removido e garantir que o fluxo retorne, o que envolve manuseio de equipamentos profissionais e substâncias potencialmente perigosas.

Geladeira

Quando o mau cheiro em casa é proveniente da geladeira, o aroma é inconfundível e, pior, toda vez que alguém abre a porta do eletrodoméstico o odor fétido se espalha. Para eliminar esse problema de uma vez por todas, descarte todos os alimentos fora da validade e os restos de comida velha de dentro da geladeira.

Uma boa higienização fará toda a diferença: limpe as prateleiras e paredes internas do eletrodoméstico com álcool em gel ou algum produto de limpeza da sua preferência, mas atenção: evite aqueles de cheiro forte para não impregnar.

Com a geladeira desligada, deixe a porta aberta por algumas horas para que o cheiro evapore. Coloque dentro um pedaço de carvão, desses comuns de fazer churrasco, para ajudar a eliminar o cheiro ruim em casa.

E se ainda assim não obtiver sucesso, aqui vai um outro segredinho que é bem eficiente: em uma vasilha pequena (de sobremesa, por exemplo), despeje a quantidade de 2 saquinhos de bicarbonato de sódio e deixe logo na primeira prateleira.

O odor ficará “retido” no pó e basta que você mexa o vasilhame de vez em quando com o auxílio de uma colher para que essa dica continue funcionando em sua geladeira e eliminando o mau cheiro em casa.

Lixo

Já explicamos o que é chorume neste texto e, certamente, você não vai querer esse tipo de incômodo em sua casa, não é mesmo? Lave o recipiente da lixeira com sabão e água abundante e deixe secar ao sol.

Ainda assim, pode ser difícil se livrar do cheiro cítrico desse líquido tóxico, mas aqui vai uma dica surpreendente: polvilhe bicarbonato de pó no fundo da lixeira e também dentro do saco plástico. Isso impede que o vapor do lixo se espalhe, diminuindo consideravelmente o cheiro azedo que fica no ambiente.

O lixo acumulado é um perigo, sabia? Além de colaborar diretamente para que você tenha o mau cheiro em casa, atrai insetos nocivos para a saúde humana como moscas, mosquitos e baratas. E mesmo quem mora em apartamento não está livre desses bichos, por isso, o descarte deve ser feito todo dia em que há coleta.

Mofo

Apesar do mofo surgir com facilidade e ser extremamente prejudicial para a saúde humana, ele também é razoavelmente fácil de ser combatido. É claro que estamos nos referindo a situações em que é possível remover o problema com técnicas caseiras, mas cômodos fechados e sem luz solar são bem mais trabalhosos.

Borrife álcool de limpeza na superfície e finalize com um pano seco, isso deve ser suficiente para eliminar o mofo e impedir seu crescimento por um tempo. As roupas menos utilizadas (casacos, cachecóis…) devem ser lavadas e expostas ao sol que tem ação de desinfecção contra os fungos, embora não seja tão eficiente contra os ácaros.

Você também pode colocar sachês anti-umidade dentro dos armários e gavetas para impedir o surgimento e crescimento do mofo. Vale lembrar que além do mau cheiro em casa, o mofo oferece sérios riscos à saúde das pessoas.

No caso do mofo no banheiro, uma simples mistura caseira de água e cloro é o suficiente para eliminar o problema, lembrando que não há solução definitiva para o mofo. O ideal é removê-lo sempre que aparecer e deixar os cômodos sempre ventilados e iluminados pelo sol.

Limpeza de fossa residencial

Nada de improviso, a limpeza da fossa deve ser feita por especialistas e o equipamento adequado é a bomba de sucção que fica acoplada a um caminhão tanque. Contratar uma empresa com boas referências é muito importante, pois além da limpeza, o descarte do rejeito deve ser feito de forma adequada e sustentável.

As fossas são consideradas um tipo de tratamento primário de esgoto e o contato com os resíduos de dejetos é nocivo à saúde. Por isso, esse tipo de trabalho só pode ser executado por quem entende do assunto. Veja as doenças causadas pelo contato com esgoto:

  • cólera;
  • diarreia;
  • disenteria bacteriana;
  • giardíase;
  • verminoses;
  • hepatite A;
  • febre tifóide;
  • cólera.

Além do lodo e do esgoto, o serviço de limpa fossas também extrai gases e vapores nocivos, limpa a caixa de gordura, desobstrui as redes pluviais e de esgoto e remove até rejeitos tóxicos industriais. 

Como prevenir o mau cheiro em casa?

Prevenção é a palavra certa! Afinal, evitar problemas é melhor do que combatê-los, concorda? Então, é importante lembrar de recolher os resíduos sólidos dos ralos para evitar obstruções e o mau cheiro em casa da matéria orgânica em decomposição, mas os cuidados não param por aí.

Utilize telas para evitar que restos de comida desçam pelo ralo e não espere a lixeira do banheiro encher para remover o conteúdo mau cheiroso. Isso é um ótimo ponto para não ter que lidar com odor ruim.

Se o cheiro ruim em casa parece vir dos canos, não esqueça de conferir a caixa de gordura e a fossa, mas se o problema é na geladeira, crie o hábito de sempre descartar restos de comida e alimentos vencidos.

A umidade e o mofo podem ser combatidos com as dicas de produtos caseiros que indicamos, mas se a situação é recorrente, melhor contar com ajuda profissional. Os técnicos vão indicar se há algum vazamento na rede hidráulica e orientar os moradores sobre a melhor solução. 

Agora ficou mais simples tomar os devidos cuidados para evitar o mau cheiro em casa, não é mesmo? Seguindo as dicas que passamos, não precisa se preocupar. E se o problema for mais sério, já sabe, nem pense em resolver por conta própria, combinado?

Compartilhe este artigo em suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso às nossas dicas e informações! Até mais!


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800-3333-3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.