Por que a dedetização é importante também no inverno?

Quando o clima esfria, a impressão que dá é a de que insetos e roedores desapareceram, certo? Mas, na verdade, isso não passa de ilusão! Eles continuam nos mesmos locais de sempre, só ficam escondidos esperando que o sol e o calor retornem para eles voltarem às suas atividades.

Por isso, não abra mão de fazer a dedetização no inverno. Além de ser a melhor forma de garantir que seu ambiente esteja sempre higienizado, essa é uma das maneiras mais eficientes de combater essas e outras pragas.

Quer saber mais sobre a importância de seguir uma rotina de dedetização até mesmo nos tempos frios? Confira!

Durante o inverno as pragas urbanas desaparecem?

Durante a época mais fria do ano, é difícil notar a presença de ratos, baratas, cupins e tantas outras pragas urbanas. O que ocorre é a redução da população desses animais. Elas não deixam de existir e continuam se multiplicando e crescendo, mesmo que em proporções menores.

No inverno não vemos as pragas urbanas porque todas elas iniciam uma espécie de hibernação. E isso pode acontecer até mesmo dentro de nossas casas. As formigas, por exemplo, procuram ocupar os espaços ocos entre o chão e as paredes.

Assim, durante o inverno, as pragas urbanas não somem, apenas se escondem em seus abrigos e esperam o momento ideal para se proliferarem na próxima estação.

Os insetos e outras pragas morrem durante o inverno?

Não! Ao contrário do que muitos pensam, a dedetização não deve ser realizada somente nas épocas quentes do ano. O controle preventivo das pragas pode ser realizado no inverno — e talvez seja ainda melhor nessa época!

Em tempos de frio, as pragas se concentram em locais específicos. Exatamente por causa disso, durante esta época do ano não é difícil de realizar a dedetização.

Efetuar a dedetização no inverno também vai evitar que aconteça uma infestação ou proliferação sem controle de pragas urbanas na próxima estação de calor.

Por que a dedetização no inverno é importante e recomendada?

Agora você já sabe que nas épocas de baixas temperaturas, os insetos e roedores não morrem: eles têm um comportamento parecido com o dos humanos, se recolhendo e ficando mais nas suas “casas”, onde é quentinho e protegido.

A questão é que as atividades acabam gerando mais gasto de energia e a disponibilidade de comida para eles também é menor. Por isso, os insetos evitam fazer esforços e entram num período chamado de diapausa, parecido com a hibernação dos animais. Na diapausa, o metabolismo deles diminui, reduzindo as atividades para economizar energia.

Cupins

Muita coisa acontece no mundo dos insetos e das pragas urbanas enquanto não estamos vendo. Pegue, por exemplo, o caso dos cupins: eles continuam as atividades durante o inverno, dentro de seus abrigos.

Os cupins alados que normalmente saem em busca de luz noturna para acasalar e procriar não fazem isso no inverno, mas ficam abrigados dentro do solo, das paredes e das madeiras onde eles já tinham construído suas casas e colocado ovos. Lá, estão crescendo e esperando esses ovos eclodirem. Quando chegar o verão é que os moradores vão se dar conta do tamanho do problema, pois o número de insetos que vai surgir é muito maior. Os cupins têm um potencial de destruição gigantesco: muitas vezes são um problema silencioso, que só é notado quando destruíram moveis inteiros, abalaram estruturas de casas e até passaram de um imóvel para outro.

Insetos e aracnídeos

Esse crescimento escondido é muito parecido com o que acontece com os grupos de baratas, de formigas, aranhas e outras pragas urbanas. Mesmo durante as épocas frias, elas continuam seus ciclos de vida, de uma forma mais escondida. Nós achamos que estamos livres, enquanto eles continuam lá, trabalhando e se multiplicando. E no verão, quando voltam em número muito maior, temos que correr atrás do prejuízo.

Então, vamos pensar: se for possível manter a dedetização durante o inverno, o controle das infestações nos períodos de calor será muito maior.

Ratos

Quanto aos ratos, o problema não é diferente. Nas estações mais frias de outono e inverno, eles ficam muito mais recolhidos em locais quentinhos e escuros. É raro ver um camundongo por aí nos tempos de frio. Na verdade, eles vão estar em ninhos bem escondidos procriando grandes ninhadas.

Por isso, não se engane pensando que no inverno é hora de relaxar e esquecer de dedetizar sua casa ou empresa. Essa é a melhor hora para agir estrategicamente, evitando ter que lidar com novos e grandes ciclos de vida de roedores, insetos e aracnídeos saindo dos esconderijos nas épocas de sol.

Que outros cuidados podem ser tomados durante o inverno?

Muita gente se pergunta se não pode tomar alguma precaução para evitar as pragas urbanas. Infelizmente, o convívio com esse tipo de problema é próprio da vida na cidade. Ainda não chegou o dia em que podemos dizer que elas foram totalmente eliminadas.

Mas, de toda forma, existem cuidados que podemos ter para reduzir essa presença tão incômoda. Isso depende muito dos nossos hábitos: quando melhoramos nossa rotina, nos prevenimos contra o ataque de pragas e insetos ou pelo menos diminuímos a quantidade deles. Veja algumas dicas que reunimos a seguir!

Cuide do seu jardim

Mantenha seu jardim limpo, com as calhas sempre bem cuidadas para evitar que acumulem folhas e restos de chuva. A água parada atrai larvas, mosquitos e caramujos. O cuidado principal é com o Aedes aegypti, que causa diferentes doenças, incluindo a Dengue, Chikungunya e Zika Vírus.

Apare a grama

Grama alta abriga muitos mosquitos, escorpiões e aranhas. Por isso, é importante manter o jardim com a grama aparada e passar o rastelo para retirar as folhas secas e a grama morta.

Guarde o lixo corretamente

As lixeiras precisam ficar com tampa, e os sacos de lixo devem estar bem fechados. Isso evita atrair moscas, baratas, formigas e ratos.

Descarte os entulhos

Restos de obras e material de construção perto de casas e empresas são muito perigosos pois servem de abrigos para ratos, insetos e aracnídeos. Por isso, não podem ser jogados em qualquer lugar. É preciso garantir que vão para o destino correto.

Armazene os alimentos com cuidado

Alimentos que estragam devem ficar dentro da geladeira, embalados no plástico-filme ou em potes. Aqueles que não são perecíveis (tipo biscoitos secos, cereais etc.) não podem ficar abertos e expostos pois chamam insetos e ratos. Você não quer comer nada contaminado, certo? Então mantenha os potes totalmente fechados e protegidos.

Como uma empresa especializada pode ajudar?

Mesmo com todos esses cuidados, não abra mão de chamar uma empresa especializada em dedetização para livrar sua casa de insetos e pragas. Ela tem profissionais capacitados, equipamentos e materiais apropriados, além de estarem prontos para atender você e encontrar os esconderijos onde devem focar suas atividades.

Além de realizar uma boa dedetização no inverno, eles também podem orientar você sobre possíveis causas que estão atraindo as pragas e como melhorar a rotina para evitar infestações.

A Fortaleza Dedetizadora possui uma equipe treinada para solucionar qualquer problema envolvendo pragas urbanas. Aqui você tem atendimento 24 horas. Entre em contato agora mesmo e conheça nossos serviços.


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800-3333-3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.