Guia completo para fazer o desentupimento de tubulação

A manutenção dos sistemas hidráulicos é desafiadora em todos os ambientes. Residências, condomínios, empresas e até mesmo indústrias podem enfrentar uma necessidade inesperada de fazer o desentupimento de tubulação, causando grandes transtornos.

Como há encanamentos por toda parte, é certo que aprender a cuidar melhor deles é um dever de todos, não é mesmo? Pensando nisso, preparamos este guia, para que você conheça os principais problemas com entupimentos, medidas preventivas e como fazer o desentupimento de tubulação.

Leia até o fim para ficar expert no assunto!

1. Por que fazer o desentupimento de tubulações?

Os canos que são responsáveis pela drenagem do esgoto são parte do sistema de saneamento básico, que garante saúde e qualidade de vida à população. A coleta e tratamento de esgoto também evita a poluição e a degradação do meio ambiente.

O estado de São Paulo está em destaque nos rankings do Instituto Trata Brasil, que avalia os avanços do saneamento no país. Assim, lidar com encanamentos de esgoto é uma parte da rotina de praticamente toda a população de São Paulo.

Quando o desentupimento de tubulações é realizado corretamente, isso traz muitos benefícios para os usuários da rede de esgotos. Destacamos os seguintes:

  • retomada da drenagem dos resíduos, que são encaminhados para tratamento;
  • eliminação de odores desagradáveis;
  • redução dos riscos de doenças por uma drenagem de esgoto inadequada;
  • auxílio na solução de problemas com pragas urbanas, como ratos e baratas, que se agravam por um esgoto mal cuidado;
  • conservação da tubulação, evitando problemas que causem a necessidade de reparos mais drásticos.

É importante destacar que não é necessário esperar um entupimento completo da rede para fazer o desentupimento de tubulação. Sempre que notar que a água demora muito para escoar é interessante adotar medidas preventivas, para que o problema não se agrave.

2. Quais os principais tipos de entupimento?

Cada entupimento tem uma causa diferente, podendo levar a medidas preventivas diversificadas e aplicação de métodos diferentes de desentupimento. Para que você entenda mais sobre os tipos mais comuns, listamos cada um deles a seguir.

2.1. Entupimento no vaso sanitário

O entupimento que causa mais perturbação, sem dúvidas, é o do vaso sanitário. Especialmente nos locais em que existe apenas um banheiro disponível, o entupimento do vaso traz consequências dramáticas até que seja resolvido.

Em alguns casos é possível resolver a obstrução com dicas caseiras. Caso nenhuma das atitudes mais simples funcione, é muito importante procurar auxílio profissional, pois o esgoto do banheiro contém muitas substâncias nocivas à saúde e precisa ser bem-manejado.

2.2. Fossa entupida

A fossa é um sistema de tratamento de esgoto que dispensa a ligação dos imóveis à rede. Ela é muito popular tanto em locais afastados, como a zona rural, como em localidades em que a inclinação do terreno não é favorável ao escoamento do esgoto.

Uma fossa entupida traz inúmeros problemas, desde poluição ambiental até doenças muito graves. Para evitar que ela se obstrua e o esgoto suba à superfície sem tratamento é importante investir na manutenção preventiva, com limpezas regulares da fossa e de todo o sistema.

Sempre que houver problemas com fossa entupida é o caso de chamar atendimento especializado para limpeza de fossa. Os profissionais serão capazes de diagnosticar e resolver o problema, além de dar a destinação correta aos efluentes da fossa que não estão prontos para descarte.

2.3. Ralos obstruídos

Os ralos entupidos podem acontecer por diversos motivos, dependendo de onde estão localizados. Por isso, o desentupimento de ralos varia em graus de dificuldade e opções para prevenir e resolver ocorrências, sendo muito importante dedicar tempo à identificação da causa.

Se os ralos são parte do sistema de drenagem de águas da chuva, por exemplo, a provável origem do entupimento é o acúmulo de folhas e sujeiras nos canos. Por outro lado, em um ralo de banheiro, o maior vilão é o acúmulo de cabelos e gorduras naturais do corpo, além de produtos de higiene com alto teor de gordura. Desentupir ralo do banheiro normalmente é simples, bastando remover os cabelos e resíduos acumulados dentro do ralo para restabelecer o fluxo da água.

Outro problema que pode causar a obstrução de ralos e atingir também canos de água é a propagação de raízes de árvores. Como os rizomas buscam fontes de água, é comum que invadam tubulações, causando entupimentos, vazamentos e outros transtornos.

2.4. Entupimento na caixa de gordura

As caixas de gordura são sistemas intermediários, instalados entre os ralos e a rede de esgoto, que visam reter a gordura antes que ela se solidifique na rede e cause entupimentos. Quando o equipamento é instalado de acordo com as normas técnicas, seguindo a NBR 8160 da ABNT, fica em local de fácil acesso, bastando ir até ela e abrir a tampa para verificar seu interior.

Se a caixa de gordura não passar por uma limpeza adequada, ou em caso de excesso de gordura, ela mesma poderá entupir. Quando isso acontece, a água retorna para onde veio. A caixa de gordura entupida causa muitos transtornos, como sujeira, impedimento de uso das pias e em imóveis comerciais pode, até mesmo, paralisar o serviço.

A manutenção de caixas de gordura pode ser feita usando produtos especiais para decompor os resíduos de forma segura. É importante ressaltar, no entanto, que as gorduras e óleo de cozinha tem um grande potencial poluente.

Por isso, é sempre importante evitar jogar óleo nos ralos, acondicionando estes resíduos em embalagens e enviando para reciclagem. Em caso de necessidade de limpar a caixa de gordura, uma empresa certificada é responsável pelo manejo e descarte ecologicamente correto dos resíduos da caixa.

2.5. Cano de esgoto entupido

Se um entupimento não tem uma causa visível, provavelmente é algo mais profundo, localizado em canos do esgoto. Quando isso acontece, é difícil resolver por conta própria.

O ideal em casos de cano de esgoto entupido é fazer o diagnóstico do problema, com uso de soluções de desentupimento que não só retomem a drenagem, mas previnam problemas. O hidrojateamento, que será melhor detalhado mais abaixo, é uma solução excelente para quem precisa limpar a parte de dentro dos canos de esgoto, evitando entupimentos e danos à estrutura.

2.6. Entupimento na coluna de esgoto

Em construções com mais de um andar, especialmente em condomínios, o entupimento da coluna de esgoto é um problema frequente. Chamamos de coluna de esgoto a estrutura de canos que leva o esgoto para baixo, dos andares mais altos até o encanamento que fica na parte de baixo do prédio. Chegando da coluna de esgoto aos encanamentos de drenagem, o esgoto é enviado pelos canos até a fossa ou à rede de esgoto.

Como a coluna de esgoto serve a todas as unidades do condomínio, um entupimento nesse sistema causará uma situação bastante complicada. Como são estruturas complexas, que envolvem a infraestrutura do prédio e exigem equipamentos especiais, a solução para entupimentos em coluna de esgoto é melhor conduzida er bem manejadpor empresas especializadas em desentupimento.

2.7. Pia entupida

A maioria das pessoas sabe como desentupir sifão de pia, justamente porque uma pia entupida é uma ocorrência comum. Geralmente os desentupimentos de pias são resolvidos com iniciativas caseiras, mas o principal nestes casos é a prevenção.

Assim como nos ralos de chão, é importante evitar o despejo de gorduras e resíduos sólidos nos ralos das pias. Protetores de ralo, tampas com filtros e os conhecidos ralos japoneses fazem um bom trabalho na prevenção de entupimentos nas pias.

3. Como evitar o entupimento?

Diversos tipos de entupimentos podem ser prevenidos com atitudes simples. Veja as principais boas práticas para evitar o entupimento.

3.1. Não faça descarte de resíduos sólidos em pias e ralos

Pó de café, restos de alimentos, ossos, pelos, cabelos, folhas: o lugar de tudo isso é a lixeira ou a compostagem. Não use seus encanamentos como forma de se livrar de qualquer tipo de resíduo sólido!

A instalação de sistemas de filtragem nos ralos, como telas, filtros e grades, ajuda a diminuir a entrada de material sólido nos canos. Quando for descascar e higienizar alimentos, use sempre um escorredor, bacia ou peneira. Recolha os resíduos da pia e descarte corretamente.

Durante o banho, penteie e separe os fios de cabelo para jogar no lixo. Lembre-se de limpar os filtros do ralo com frequência, removendo os sólidos que encontrar na tampa do ralo após o banho e a lavagem do banheiro.

Antes de lavar o piso do quintal, especialmente se isso é feito com pouca frequência, é melhor varrer e recolher o excesso de poeira, pelos de animais, folhas e flores caídas. Mesmo que numa primeira análise esses pedaços passem tranquilamente pelo cano, o efeito cumulativo pode ser devastador.

3.2. Observe o local antes de plantar árvores

O plantio de árvores em ambientes urbanos requer estudo minucioso do local escolhido e das espécies adequadas. Árvores plantadas ao acaso causam grandes problemas de entupimentos de esgoto, quebra de canos, vazamentos, rompimento de muros e calçadas.

Por isso, antes de plantar árvores, consulte especialistas no assunto, como arquitetos e paisagistas, para escolher uma planta que seja adequada ao local. Pensar nisso antes do plantio evita os prejuízos e a triste tarefa de ter que remover uma árvore que cresceu durante muitos anos em um local inadequado.

3.3. Use água quente

A água quente ajuda a limpar os canos por dentro, sem causar prejuízos ao meio ambiente. Uma boa medida preventiva de entupimentos é despejar dois litros de água quente em cada um dos ralos do imóvel.

Se houver partículas presas às paredes dos canos, a água quente ajudará a amolecer e dissolver os resíduos. Antes de fazer o procedimento, lembre-se de conferir a temperatura da água e a resistência do material dos ralos e dos canos onde ela será despejada.

3.4. Não use o vaso sanitário como lixeira

Uma curiosa ocorrência do Reino Unido ilustra bem porque não devemos jogar lixo no vaso sanitário: uma bola de sujeira de 64 metros de comprimento entupiu as redes de esgoto em Sidmouth, Inglaterra. Essa gigantesca massa era formada por gordura, resíduos orgânicos, mas também lenços umedecidos, papel higiênico, fraldas e outros itens lançados na rede, provavelmente na descarga.

Os brasileiros têm o costume de manter lixeiras em seus banheiros, reduzindo as chances de algo nessas proporções. Ainda assim, é sempre bom lembrar que o vaso sanitário não é lixeira. Aquele pedacinho de lixo jogado no vaso parece inofensivo, mas pode gerar ocorrências como o chamado “fatberg” (literalmente uma montanha de gordura) inglês.

4. Como é feito o desentupimento?

O desentupimento de tubulação pode ser feito por várias técnicas. Veja algumas opções caseiras e profissionais para lidar com o entupimento.

4.1. Técnicas caseiras

Um entupimento deve ser manejado com responsabilidade. Por mais que resolver o problema por conta própria pareça viável é sempre importante usar o bom senso. Algumas técnicas caseiras comuns são as listadas abaixo.

4.1.1. Soda cáustica

Produtos com soda cáustica são comercializados em todo lugar. Por isso, é comum que as pessoas pensem que essa substância é segura e pode ser usada em qualquer entupimento. No entanto, isso não é verdade!

Evite usar soda cáustica, especialmente ao tentar descobrir como desentupir tubulação com gordura, pois ela endurece ainda mais as obstruções gordurosas. Há outras técnicas com substâncias menos tóxicas, com menor potencial de poluição e que não agravam o problema.

4.1.2. Desentupidor

Usar um desentupidor em ralos, vasos sanitários e outros locais é uma boa ideia para tentar uma solução rápida do problema. Para dar certo, é importante que o desentupidor tenha o tamanho certo e consiga fazer pressão na superfície.

Antes de usar o desentupidor, remova o máximo de água que conseguir da pia, chão ou vaso. Isso ajuda a ferramenta a funcionar. Você pode tentar o uso do desentupidor por algum tempo. Se após algumas tentativas de pressão não houver mudanças, provavelmente estamos diante de um problema mais sério.

4.1.3. Água quente

O uso de água fervente é uma opção segura para resolver obstruções simples. Ferva dois litros de água, despeje na entrada do encanamento e aguarde 30 minutos. Você pode retirar o excesso de água e repetir a operação algumas vezes para confirmar que removeu todos os resíduos.

Combinar a aplicação de água quente com o desentupidor também é uma boa ideia. No entanto, preste atenção para usar primeiro a água, deixar esfriar e só então usar o desentupidor.

4.1.4. Bicarbonato de sódio e vinagre

A mistura de bicarbonato de sódio e vinagre atende a muitas necessidades de limpeza, sendo recomendada pelo baixo impacto ambiental. Ela também ajuda a desobstruir encanamentos. Para usar essa técnica, remova o excesso de água do local.

Em seguida, prepare um pano umedecido com água quente, que será usado após a aplicação. Coloque duas colheres de sopa de bicarbonato dentro do ralo, jogue um copo de vinagre e cubra a entrada do cano quando a mistura começar a borbulhar. Aguarde 25 minutos e finalize com água fervente.

4.2. Técnicas profissionais

Se você tentou as técnicas caseiras e não teve bons resultados, é hora de considerar o chamado de uma desentupidora 24 horas em São Paulo. Os profissionais fazem, antes de qualquer coisa, o diagnóstico da situação, avaliando a fonte do entupimento. Dependendo de qual é o tipo de entupimento, a empresa conta com equipamentos e técnicas especiais para cada situação.

A aplicação de jatos de água de alta pressão, ou hidrojateamento, é a técnica mais versátil para desentupimento de tubulação. Para fazer o desentupimento usando hidrojato, o profissional insere uma mangueira especial, que conta cum uma ponteira que aplicará água em alta pressão dentro do cano. A água é bombeada por um equipamento potente, que faz com que a força empurre as obstruções, ao mesmo tempo em que a ponteira limpa as partes internas do cano.

Como o hidrojateamento empurra a sujeira para que ela prossiga seu curso de escoamento, trata-se de uma técnica muito limpa. O uso de água garante que não haverá poluição com produtos químicos. Como o serviço é feito com o uso de equipamento apropriado, não há danos nem arranhões na tubulação, garantindo a durabilidade da limpeza realizada pelo hidrojato.

Outra técnica comum é o uso de sondagem, com a inserção de tubos ou cabos para localizar a obstrução e remover o entupimento. Ele é usado em casos simples, ou quando o encanamento tem muitas curvas e emendas, dificultando a aplicação segura do hidrojato.

Em alguns casos, poderá ser necessário fazer a sucção dos resíduos para fora da rede. Isso acontece, especialmente, no entupimento de fossa, que é resolvido pela desobstrução e limpeza da fossa. Nesses casos, a equipe da desentupidora conta com equipamentos de segurança para remover, armazenar e encaminhar os resíduos para o descarte responsável.

5. Quais cuidados tomar?

Para evitar dor de cabeça e estragos maiores ao tentar desentupir, lembre-se de agir com delicadeza e atenção. Alguns pontos a observar:

  • sempre que for utilizar um desentupidor, tome cuidado com a posição de seu corpo e a força aplicada no local. A ferramenta deve fazer a pressão sozinha, não deve ser necessário empurrar com muita força. Assim, você evita quedas, lesões e também acidentes como o descolamento da cuba da pia;
  • não use arames rígidos demais para desentupir a parte interna dos canos. Isso pode causar rompimentos, que levam aos vazamentos de esgoto, ou então arranhar a tubulação, aumentando as chances de novos entupimentos;
  • evite usar soda cáustica, pois há risco de contaminação ambiental e saponificação da gordura dentro dos canos;
  • não introduza utensílios como cabos de colheres, vassouras e outras ferramentas rígidas no encanamento;
  • não use refrigerantes, especialmente com balas de menta (combinação de Coca-Cola e Mentos). Essa receita tem um potencial desastroso, pois cria uma pressão que não é controlada e pode causar sérios acidentes, além de danos à rede de esgoto;
  • sempre que sentir insegurança ao lidar com entupimentos, ouça seus instintos e chame profissionais para resolver a questão de forma correta, segura e definitiva;
  • ao contratar profissionais para serviços de desentupimento, confira as credenciais dos responsáveis e o trabalho da empresa, para evitar problemas em sua infraestrutura ou danos ao meio ambiente.

6. Quais os principais mitos e verdades?

O desentupimento de tubulação causa muitas dúvidas e com elas surgem mitos. Para ajudar a separar o que é mito e verdade, confira nossos comentários.

6.1. Mitos

  • produtos químicos são uma boa opção: nem sempre um produto químico soluciona o problema, podendo agravá-lo, causar acidentes e poluir o meio ambiente. A solução mais indicada para entupimentos é o hidrojato, que usa apenas água e muita tecnologia.
  • refrigerante de cola desentope canos: o que acaba acontecendo é que as pessoas jogam uma grande quantidade de líquido no ralo, gerando pressão, que resolve entupimentos simples. Água fervente seria muito mais eficaz nestes casos, então, não desperdice seu refrigerante!
  • papel higiênico não entope: como contamos acima, na história da grande bola de gordura inglesa, o papel pode até não entupir tudo sozinho. No entanto, ao se combinar com outros resíduos do esgoto, forma massas que entopem a rede.

6.2. Verdades

  • produtos químicos podem piorar entupimentos: sabia que soda cáustica é a base para receitas de sabão? Ao aplicar soda no encanamento que tem uma bola de gordura, há grandes chances de uma reação química chamada saponificação. Com isso, a gordura se torna ainda mais rígida. Afinal de contas, o sabão em pedra é duro, certo? Assim, evite adotar produtos químicos como alternativa de desentupimento.
  • contratar quem entende do assunto é mais econômico: seus problemas atuais e futuros são resolvidos mais rápido e com menor potencial de danos quando quem faz o serviço é uma desentupidora. Colocando na ponta do lápis, o barato sai caro.

7. Qual a importância de contratar uma empresa especializada?

O desentupimento de tubulação é um trabalho complexo, que deve ser feito visando evitar danos ao encanamento e recorrências nos entupimentos. Para ter um trabalho bem feito e seguro, ao escolher o profissional para fazer o desentupimento de tubulação, procure por quem entende do assunto, como a equipe da Fortaleza Desentupidora.

Chamar um faz-tudo para lidar com entupimentos pode ter consequências desastrosas. O que poderia ter sido resolvido sem danificar os canos se torna um problema maior, causando a necessidade de reformas para substituir as áreas danificadas.

Uma desentupidora que atua de forma regular segue regras estritas dos órgãos de controle, como a CETESB, além de observar as normas técnicas para cada serviço. Esse conhecimento das formas corretas de abordar cada problema faz com que as empresas especializadas em desentupimento ofereçam uma solução eficaz e ambientalmente responsável para os problemas dos clientes.

O esgoto não tratado é uma substância altamente poluente. Por isso, quem trabalha com desentupimentos deve estar preparado para dar a destinação correta aos resíduos do trabalho. Ao escolher uma empresa responsável, você contribui para a preservação da natureza.

8. Como fazer uma boa escolha?

Veja o que bons requisitos para checar antes de fechar negócio com a desentupidora:

  • amplo conhecimento técnico;
  • certificação e habilitação perante os órgãos de fiscalização;
  • respeito às normas ambientais e descarte correto de resíduos;
  • equipe profissional especializada em desentupimento;
  • frota e equipamentos com tecnologia de ponta;
  • orçamento sem compromisso;
  • pagamento facilitado;
  • atendimento 24 horas, com canal de ligações gratuitas 0800;
  • serviços com prazo de garantia;
  • oferta de serviços complementares, como dedetização e limpeza;
  • experiência confirmada no mercado.

Ao buscar uma desentupidora 24 horas em São Paulo para desentupimento de tubulação, preste atenção às características da empresa prestadora de serviços. Prefira opções consagradas no mercado, com certificações e garantia. É muito importante que os serviços sejam prestados com rapidez e tenham bom custo-benefício, sem deixar de lado a responsabilidade ambiental e conhecimento técnico. Os serviços profissionais da desentupidora Fortaleza asseguram a solução eficaz do problema, com segurança e atendimento especializado.

Quais suas histórias de entupimentos? Já passou por problemas com soluções caseiras? Deixe um comentário a seguir e compartilhe suas experiências no assunto!


Fortaleza Desentupidora

Desentupidora 24h em São Paulo.
R. Javaés, 626/630 São Paulo, SP
Tel: 0800-3333-3000

Atendimento premiado

Vencedora por 8 anos consecutivos do Prêmio Internacional Quality Brasil em atendimento.

Garantia de qualidade

Todos os nossos serviços oferecem prazo de garantia.

Sustentabilidade

Respeitamos o meio ambiente e nossos procedimentos incluem apenas descarte de esgoto em estabelecimentos credenciados.